domingo, agosto 02, 2009

A voltas da vida

Quando pareço ser a única por aqui que a vida não prega partidas, eis que acontece algo que nos vira a vida do avesso: marido novamente desempregado.
Tudo aconteceu, porque apesar de ele gostar dos colegas e até do trabalho, o patrão e a empresa para qual ele trabalhava escravizava-os, saindo de casa por volta das 7 da manhã regressando por volta da meia noite ou uma da manhã. Decidimos que isto não é vida para ninguém, muito menos para nós que estamos a vivê-la. Agora, é procurar algo que ele goste de fazer.
Ontem andei todo o dia aborrecida, chateada e sem apetite...e hoje...adormeci pela primeira vez em 2 anos e meio em que trabalho aqui...isto está bonito...e leva jeito

7 comentários:

Patricia disse...

tem calma que tudo se há-de resolver... sempre que precisares de alguma coisa, já sabes, podes contar comigo.

beijos

gaiatA disse...

Tudo se vai resolver... calma *

beij0s*

Lady Chatterley disse...

Olá Isália! Privatizei o meu blogue e gostaria de te convidar, mas não sei como...não tens aqui o teu mail...

Helena disse...

Espero que encontrem o emprego ideal *

Sardanisca cor-de-rosa disse...

Realmente um trabalho desses não vos deixava viver! Tem muita calma... Dias melhores virão!
Vias ver que logo logo ele arranjar um emprego! Bem pago ou não, o que interessa é que estejam felizes! :)
Beijinhos***

Paula disse...

Vais ver que as coisas se vão resolver. Também acho mal, que certos patrões aproveitem esta "crise", para escravizar as pessoas.
Beijinhos e tudo de bom!!!

Anónimo disse...

Aprendi muito