sexta-feira, setembro 22, 2006

é nos momentos de aperto que os vemos

Os amigos são todos aqueles que bem ou mal passam pelas nossas vidas e deixam uma marca no nosso coração...são amigos da escola primaria do ciclo, do secundário, da universidade, do trabalho. não são colegas, porque ao mesmo tempo que são colegas são amigos de muita coisa. conhecemos-nos gostamos ou não gostamos compartilhamos momentos bons e maus...E é aqui que os verdadeiros amigos, os Amigos com A grande se manifestam...quando fui para o ciclo conheci um amigo um amigo com A grande. mas como ele era mais velho que eu e tinha outros interesses nunca fomos de grande proximidade. só no meu 8.º ano é que esse amigo se manifestou...eu cresci, tinha-me tornado numa mulherzinha. Nos intervalos das aulas falávamos bastante, riamos brincavamos com o nosso grupo de amigos sem nunca ver o que realmente existia por detras daquela amizade...Apoiou-me quando o meu primeiro amor me deu uma enorme tampa, foi no ombro dele que eu chorei...o certo é que essa amizade foi crescendo e foi dando lugar ao amor..isto tudo aconteceu no ano 2000... é verdade já passaram 6 anos, ainda estou mais crescida, mais mulher e ao longo destes 6 anos aprendi muita coisa com este amigo, um amigo de sempre...Tenho muito a agradecer ao Bruno e a Ana o facto de me terem aberto os olhos e ver que o homem da minha vida sempre esteve ali...Obrigada Fernando por estes quase 6 anos, que tirando os momentos das discussões, me fazes feliz e por seres meu amigo..
Mas nao é só a este "amigo" que tenho que agradecer, mas este é que leva sempre com o meu mau feitio....aqueles amigos que nas horas de aperto nunca nos abandonam e que me viram crescer, aqules com quem brincamos na nossa infância, com quem fazia as sopas de terra e dava as bonecas...no outro dia encontrei por acaso uma destas amigas no Hi5. nao sabia dela deve haver uns 7 anos. ela perguntou-me porque a gente esteve todos estes anos sem nos contactarmos. Nao foi que eu me tivesse esquecido dela...cada uma, assim como toda a gente, seguiu caminhos diferentes e opções de vida...os nossos caminhos podem nunca mais se cruzar...há outros que se cruzam, mas nunca esquecerei todos os momentos que vivi com cada um em particular.Aqueles que foram importantes na minha vida e aqueles que o são (a Patricia, a Maria, a Maria João, a Ana, o Bruno,e infinitamente por diante) sabem que têm um lugar especial no meu coração.

6 comentários:

carla m. disse...

Sinto saudades,por vezes,desses amigos que "perdemos" porque cada um seguiu um rumo diferente.
Mas faz parte da vida,ne?
Beijos grandes

Isália disse...

Pois, nao é porque nos esquecemos deles, simplesmente cada um segue a sua vida.
beijos

Patricia disse...

Essa Patrícia sou eu???

beijoca*

Isália disse...

claro dah!!!!

Patricia disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Patricia disse...

Obrigada :)

Também te considero uma grande amiga que não quero perder: NUNCA!

beijocas